Sustentabilidade: Telhas solares que substituem painéis solares!

O mercado da arquitetura sustentável esta em franca expansão, sempre com o aparecimento  de novas tecnologias.Uma dessas novidades são as telhas solares que vem  conquistando o público no quesito  estética. Cada vez mais os fabricantes procuram unir a funcionalidade juntamente com a estética e é o que esta acontecendo no mercado de painéis   solares. A rejeição do público aos modelos grandes e pesados dos painéis solares  que acima de tudo prejudicavam a estética do telhados  fez com que as  empresas italianas Area Industrie Ceramiche  e  REM   aprimorasssem  suas tecnologias criando a Tegola Solare. Essa telha com componentes mais leves permitiu que a tecnologia solar fosse gradualmente incorporanda aos materiais tradicionais, com isso obteve-se  ganhos de eficiência e estética. A Tegola Solare  é uma telha cerâmica  normal à qual foram embutidas quatro células fotovoltáicas. A montagem é feita como a de qualquer outro telhado e a superfície “solar” é adaptável às necessidades do utilizador já que o fabricante disponibiliza também o mesmo modelo em telhas “comuns”. Em caso de dano, apenas se substitui a telha, operação fácil e barata pela própria natureza modular do telhado tradicional. A fiação segue sob o telhado para o conversor. Segundo o fabricante, uma área de 40 m² gera cerca de 3kw de energia.

Um telhado que atenda a função adicional de fornecimento de energia renovável é  uma opção a se  considerar, você vai economizar uma boa quantia de dinheiro na conta de serviços de  luz e gás. O investimento que pode parecer alto no início, é salvo depois de alguns  meses de não pagamento de contas. No mercado existe uma variedade destas telhas solares que têm materiais que as tornam mais flexível e podem assumir qualquer forma. Um telhado completo, ou parcialmente coberto com estas telhas solares podem facilmente satisfazer as necessidades de energia de uma família.
Essas telhas  são como os painéis solares são construídas para converter a luz solar em energia e manter a estética e  a harmonia. Em Veneza, é onde a maioria dessas peças foram colocadas. Várias empresas americanas e européias têm desenvolvido vários modelos que permite ser instalado em qualquer telhado. Veneza é uma das principais cidades que já tem estes telhados solares. No entanto, eles  ainda são mais caros do que os painéis convencionais e mais difíceis de encontrar instaladores isso na Europa quanto ao Brasil  esperamos que essa tecnologia chegue  o mais breve possível aqui,  vai depender muito da sociedade civil cobrar dos seus governates uma política mais clara e  sustentável com relação a matriz energética  brasileira.

Fonte Referencial: http://www.areaindustrie.it/ via A Arquiteta

Artigos relacionados